quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Mundo Eseano

Parece mentira, mas a ESE resistiu às primeiras chuvas do ano. Os famosos baldes eseanos vão ter de ficar guardados mais um pouco e para os lados do CD vão-se fazendo figas para que este ano o São Pedro controle a pluviosidade … pobres agricultores! Também poderia ser mentira, mas o facto é que um dos serviços concessionados pela nossa escola não tem livro de reclamações, procedimento obrigatório de qualquer estabelecimento que presta um serviço, ainda por cima quando cobra dinheiro. Se este facto já é estranho, imagine-se a resposta quando alguém se dirige ao CD para pedir explicações. Qualquer coisa do género: “Vão tomar um café que resolvem isso!”. E se pensam que fica por aqui enganem-se caros Eseanos. Se nos voltarmos a deslocar pela manhã ao CD, por outro motivo qualquer, procurando falar com as ditas instâncias superiores a reposta é “De momento não está cá ninguém”. Estranho que em 3 elementos, nenhum esteja presente na ESE para poder atender quem se desloque ao CD e que ainda terá de ter disponibilidade para os caprichos horários daqueles que dizem gerir o nosso futuro. É esta a imagem que o CD tanto quer defender?

23 comentários:

xP disse...

Acho que deveriam alertar a ASAE para isso... ainda mais pelo bem patente relaxamento que os responsáveis escolares demonstram.

Facadaoo disse...

É Só Rirrrr no Reino da Eseeeee!!

Formiga Alada disse...

Falta mesmo so acrescentar a grande sugestão do vice-presidente do CD:

"Se está insatisfeita tem bom remédio, desista"

Anónimo disse...

Entao e k tal uma denuncia na polícia... eles podem levar um grande tombo por nao ter livro de reclamações!!! de verdade...

Mosca Tsé disse...

É normal os conflitos serem resolvidos com um "vá, acalme-se, vá beber um café com ele.."!
A falta de escrupulos impera na nossa escola....e cada vez parece mais normal!
O CD não se mostra preocupado que um serviço aos alunos seja prestado de forma miserável (é bom referir que a reprografia n possui folhas coloridas, e é impossivel levarmos as nossas próprias folhas), e é a secretária do CD (eleita por nós???acho que não) que assume o comando deste tipo de situações!
Em relação ao vai tudo abaixo e seus homens da luta, a falta de posição da AE vai sendo cada vez mais preocupante! quem votou tem o direito de saber o que se vai fazer em relação a isso, porque é assustador uma iniciativa da AE ser cortada pelo CD sem reclamação dos alunos! Porquê os sorrisos para a câmara?será que já estava avisado em relação à chegada de tais "personagens" e já tinha a estratégia pensada? será que foi o respeito pela Professora Ana Maria Pessoa? já que não passam as imagens dela não passam as do resto da "familia"?
Então e a imagem da ESE?

CENSURA
DITADURA
OPRESSÃO
PERSEGUIÇÃO

BZZZZZZZZZZZZZZ

Anónimo disse...

Entretanto nao sei o porque de vir o assunto da AE outra vez à baila... Ha gente mesquinha que nao esquece, nem ajuda a esquecer! DASSS

Anónimo disse...

Afinal é para esquecer? Mais grave que nada fazer é estar á espera que a malta vá esquecer...Vamo-nos esquecendo dos nossos direitos, dos nossos interesses, das nossas lutas e causas...e qualquer dia esquecemo-nos do que somos! lolol

Mosca Tsé disse...

Peço desculpa se referi a marca registada AE neste post! é que aproveitei e comentei este e o outro!
Muitas desculpas por parte deste pobre subdito...

bzzzz

Anónimo disse...

Querem ver que tal como é falado no outro post, agora é preciso autorização para falar da AE! Aprendem rápido as ordens do chefe! ahahahah

Anónimo disse...

Só uma pergunta?a AE vigente está a pensar recandidatar-se?è só para saber se me tenho de rir ou não...

Anónimo disse...

Pagar para quê?? O aumento das propinas é proporcinal à diminuição da qualidade (qual qualidade?...) do "serviço" prestado por esta escolinha.

Mau mau é ter um professor de multimédia a dar RP no 5º ano...isso sim! lol

O querido CD nem nos recebe..ñ tem respostas! o q vale é a reunião q a prof Ana Pessoa marcou...e pela qual esperamos à umas 4 semanas?...

Nunca pior...O q nos consola é ter q pagar propina anual qnd o 2º semestre é estágio! lol se calhar vão-nos pagar as despesas de estágio..e ainda não fomos avisados!

Estamos muito felizes com o nosso percurso brilhante na ESE, instituição q ensina os futuros comunicadores deste país a equilibrar um pau de vassoura com um dedo...de loucos...enfim, tamos mais q preparados para o mundo do trabalho...

Atenção...algumas disciplinas leccionadas tinham os nomes trocados... apresentamos as seguintes correspondencias:

RPP 1 - Design LOL

RPP 2 - Multimédia LOL 2x

mas ñ faz mal..afinal...são só as disciplinas fundamentais do ramo cultural..só tavam a ser leccionadas pela pessoa errada...só!

SÓ NA ESE....

E vivam os TACHOS!

Siamesas...juntas até na desgraça!

"Tamos chumbadas..." Agora mais do q nunca! lololol

Mosquito do Bagaço disse...

Quero pensar que a livre opinião na ESE não é sinónimo de chumbo, apesar de alguns casos mostrarem o contrário. A questão do 5º ano foi discutida inúmeras vezes quer ao nível da propina quer ao nível da duração, já que noutras escolas a duração do curso é de 4 anos e falo de escolas cuja qualidade está acima da nossa. Conclusão, o curso de CS ia pagando as despesas da nossa querida escola. Acerca das "novas" disciplinas de novo só mesmo o nome já que as matérias se repetem de outras e em alguns casos são professores pouco familiarizados com o tema da disciplina a terem que a leccionar. Enquanto continuarmos a mudar para mostrar e agradar lá fora não vamos longe, mas quem manda costuma dizer-se que é quem sabe.

Cumprimentos Eseanos

brrr....agh... disse...

Se nem com 5 anos de curso sabem escrever sem erros...Já para não falar da pobreza das ideias e da total falta de cultura, culturazita, culturinha, inha....

Mosquito do Bagaço disse...

Camarada brrr....agh... é caso para perguntar-lhe se os erros ortográficos serão um problema exclusivo do curso de CS ou da ESE? Parece-me bem mais abrangente e de facto alarmante, não desculpando os nossos "comunicadores", entendo que a solução não está apenas nas suas mãos ou teclados.

A questão da "total falta de cultura, culturazita, culturinha, inha" depende sempre do entendimento que cada qual faz da palavra cultura e que campos quer abranger com a mesma. Posso não saber as capitais de todos os países do mundo, até nem conhecer a obra completa de Fernando Pessoa e seus heterónimos ou até mesmo não me lembrar de quem foi o 1º presidente eleito da 1ª República, porque simplesmente não é dos meus campos de interesse, mas se o tiver que saber irei à procura exercendo a actividade de "estudar". É o tal hábito que certos pseudo-intelectuais têm de dizer que ninguém percebe de música se não ouvir/souber acerca de música clássica (??!!). O mundo evolui e a dita cultura expande-se em diversos campos e o próprio significado não é muito objectivo.

Na ESE definiram-me cultura como o que é aprendido e partilhado entre os indivíduos e que lhes confere a identidade. Não especificaram os campos supostamente em que se possa definir que as pessoas têm falta ou muita cultura. Posso saber pouco de música clássica mas até lhe falo de jazz, funk e porque não hip-hop (ou vai-me dizer que não é cultura?). Remeto-me á minha ignorância quando não sei acerca dos assuntos, mas quando falo dos que sei não me julgo intelectualmente/culturalmente superior. É uma questão de querer e estar disposto a ter novas perspectivas e conhecimentos porque não somos todos iguais e cada qual á sua maneira, quero acreditar, que tem algo para transmitir. Isto da cultura dava "pano para mangas".

Quanto a falta de ideias, permita-me também discordar, ideias há muitas...umas melhores, outras piores, mas mais preocupante será a falta de ideais, de empenho (por vezes) e falta de condições/apoio para as concretizar.

Saudações Académicas

brrr....agh... disse...

Em "Remeto-me á minha ignorância", o "a" tem acento grave "à". Fixe!... Cool...etc

Mosquito do Bagaço disse...

Obrigado pela correcção e parabéns pelo seu excelente e correcto uso da "língua" de Camões! Mais um provável futuro vencedor do Campeonato Nacional de Língua Portuguesa se anuncia por via deste blog... brotam talentos no campo da ortografia pelo nosso blog. Estou a ver que há muita gente ansiosa por conhecer a Bárbara Guimarães!

E já agora podemos contratá-lo para nosso corrector ortográfico?

Anónimo disse...

Opá k descreminasão!!! Nem todos somos bué da intligentes... :´(

Anónimo disse...

ops! intlijentes é com J!!!

Anónimo disse...

Olha k eu axo k é msm com G mas começa é com H e ñ com I....huuuuuuuummmmmmm, pera k vou ver aos meus apontamentos de CEX do 1ºano, aprendemos tanta coisa gira pode ser que lá esteja isso.....

Anónimo disse...

É incrível que num mundo onde todos estamos a ser prejudicados, uns defendam o "outro lado"...gostavamos de saber se o corrector de erros é aluno...Pq se for contra ele próprio está...

Qnt ao erro,se é na palavra "proporcional" lamentamos informar, mas a malta é humana e erra. Qnt à pobreza de ideias, mais vale ser pobre de ideias do q "comer e calar". O come e cala é o ideial de alunos desta escola, lamentamos não pertencer ao grupo.

Podem-nos tirar tudo, mas a liberdade de expressão e de ideias é um direito que nos assiste.

Qnt à falta de culturinha...tivemo-la...qnd decidimos entrar nesta escola, onde nem se pode ter opinião própria.E muito menos expressá-la...

P.S. ao corrector: qq coisa...assuma-se...nós, para quem está dentro do assunto, sabe perfeitamente quem somos...e onde nos encontrar..quem sabe umas lições de ortografia grátis? era porreiro...porreirito...porreirinho...inho....inho....inho....

Pi disse...

Meus caros, vpocês no fundo acabam por ser um reflexo do nosso Presidente, pois ELE proprio tambéwm dá muitas calinadas no Português nos mails enviados à comunidade, e depois não admite erros! Faz o que eu digo e não faças o que eu faço pois eu SOU presidente.

Mosquito do Bagaço disse...

Deus me livre de ser reflexo de tal pessoa. Meu caro pi da nossa parte admitimos a nossa condição de humanos e como tal erramos. Volto a frisar que pretendemos discutir ideias e situações e não os erros ortográficos. Se uma ideia for complementada por um bom uso do português, tanto melhor. Mas não vamos condenar a ideia ou opinião só porque tem erros ortográficos. Já ouvi da boca de uma professora, faz tempo, que a palavra maciço se escrevia com dois S's porque vinha da palavra massa e isso não fez com que ela deixa-se de dar aulas. Quem estará pior?

Cumprimentos Eseanos...

...mais preocupante que um erro ortográfico é o facto de se proibir as pessoas de usarem as palavras para exprimirem a sua opinião!

Anónimo disse...

Eu também SOU presidente da minha cama...lololol quem manda lá sou eu!! ;p